Impulsionado pelo auxílio emergencial, consumo aumenta e varejo mantém ruptura alta em junho

A Neogrid, empresa especializada na sincronização da cadeia de suprimentos, realiza, desde 2015, um estudo exclusivo para determinar o cenário da ruptura, um indicador para mensurar a falta de produtos nos supermercados. Na análise de junho, aplicada entre a base de clientes varejistas da Neogrid, a ruptura manteve um patamar de alta de 11,11%. Em maio, o índice ficou em 11,14%. No contexto geral, um dos motivos é a volta do consumidor às compras, motivado pela continuidade do pagamento do Auxílio Emergencial. Vale ressaltar que a indisponibilidade de cada item apresenta razões específicas.

No ranking elaborado pela Neogrid, o leite, com ampliação de 4,17 pontos percentuais (17,36% em maio para 21,53% em junho), registrou taxa elevada. O resultado indica estabilidade nas categorias de bebidas à base de soja (24,07% contra 23,68%) e ovos (16,98% ante 17,03%)

“As pessoas criaram novos hábitos de consumo. Buscam produtos mais baratos em detrimento de marcas caras, o que lhes permite comprar em quantidade maior quando encontram boas promoções. Em contrapartida, o desafio do varejo é ajustar a demanda aos efeitos econômicos atuais, com equilíbrio entre o estoque e o volume de vendas”, explica Robson Munhoz, CCSO (Chief Customer Success Officer) da Neogrid.

No retrospecto do comportamento do índice, um período de alta contínua ocorre entre setembro de 2020 e janeiro deste ano, quando foi registrado o maior patamar (12,49%). Os meses seguintes são de oscilação: queda em fevereiro (11,45%) e março (10,68%) e elevação em abril (11,03%) e maio (11,14).

 

Outros produtos em falta 

Se em maio o item que chamou atenção foi a cachaça, que alcançou ruptura de 12,24% e agora caiu para 11,44%, o destilado com maior ausência nas gôndolas dos supermercados em junho foi o conhaque, com porcentual de 13,30% ante 12,93% no mês anterior. A bebida vem numa alta consistente desde janeiro, quando o valor estava em 5,95%.

Outras categorias com rupturas elevadas incluem a granola, com expressivo avanço de 7,84% em maio para 14,91% em junho; a margarina, que passou de 12,08% para 13,10%; a farinha de arroz, 10,76% contra 12,58% e o álcool, cujo índice aumentou de 9,37% em maio para 12,45% no mês seguinte.

“A ruptura permanece em alta devido ao cuidado do varejo no controle do capital de giro. Muitas vezes, o varejista deixa de comprar linhas de produtos completas, como por exemplo, ter na prateleira somente o sabor de geleia mais vendido ao invés de todas as opções de sabores. Isso também se aplica a muitas categorias que apresentam fragrâncias e tamanhos variados no portfólio. Esse fenômeno é chamado de “ruptura por mix””, diz Munhoz.

 

SOBRE A NEOGRID (https://neogrid.com)

A Neogrid é uma empresa de tecnologia e inteligência que desenvolve soluções para a gestão da cadeia de consumo. Há 24 anos no mercado, construiu um ecossistema de dados e negócios que conecta varejos, indústrias e distribuidores no Brasil e nos mercados mais competitivos do mundo. Com cases de sucesso em empresas de grande porte, tem como principal objetivo aumentar as vendas e a rentabilidade das empresas.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA NEOGRID

RPMA Comunicação
negocios@rfpmacomunicacao.com.br
Fabiano de Oliveira – (11) 99287-5957

 

Esses artigos podem completar essa leitura

Ver todos conteúdos
Grupo Imec anuncia parceria com a Neogrid visando um grande passo na sua gestão de estoque
Grupo Imec anuncia parceria com a Neogrid visando um grande passo na sua gestão de estoque

O Grupo Imec anuncia parceria com a Neogrid para otimizar seu planejamento de distribuição e ter mais equilíbrio entre consumo... Saiba mais

Supermercados registram ruptura de 15,3% em janeiro
Supermercados registram ruptura de 15,3% em janeiro

Segundo dados da Neogrid, ovos de aves foi o produto de menor disponibilidade no período, com 20,6% de ruptura Saiba mais

Açúcar e café têm aumento de preço e menos marcas disponíveis nos supermercados
Açúcar e café têm aumento de preço e menos marcas disponíveis nos supermercados

Análise da Neogrid indica também que o índice geral de ruptura (falta de produtos) registrou leve queda na comparação geral... Saiba mais

Primeiros meses de 2023 tem ruptura de ovo de galinha, enxaguante bucal e arroz, aponta estudo da Neogrid
Primeiros meses de 2023 tem ruptura de ovo de galinha, enxaguante bucal e arroz, aponta estudo da Neogrid

Especialistas acreditam que a falta dos produtos nas gôndolas tem a ver com o aumento dos preços nos últimos doze... Saiba mais

Falta de produtos nas gôndolas em outubro é a menor do ano, segundo índice de ruptura da Neogrid
Falta de produtos nas gôndolas em outubro é a menor do ano, segundo índice de ruptura da Neogrid

Redução de 0,4% sinaliza início de temporada única de ofertas e promoções na cadeia de abastecimento Saiba mais